12 Maio 2012

DISPENSAs & PRIVILÉGIOs Os lados e os ângulos da questão

Meninos, hoje vão aprender a classificação dos triângulos de ladrões, de acordo com os limites das proporções relativas dos seus lados e dos seus ângulos internos. Escutem com atenção:

  • Um triângulo equilátero de ladrões possui todos os lados iguais e diz-se também equiângulo fiscal se todos os seus ângulos internos medirem 60° como em qualquer paraíso.
  •  Um triângulo de ladrões diz-se isósceles se possui pelo menos dois ladrões com lados da mesma medida e também dois ângulos de ladrões iguais. O ângulo formado pelos lados iguais dos ladrões é chamado ângulo do vértice. Os demais ângulos chamam-se ângulos da base e são vulgares em qualquer Estado sem justiça eficaz e igual para todos.
  •  Já um triângulo de ladrões chama-se escaleno se as medidas dos três lados são diferentes, além de que os seus ângulos internos também possuem ladrões de medidas diferentes.
Para terminar a lição, caso is meninos queiram que o povo comum fique sem perceber estas matérias de tais triângulos, nunca devem falar de lados iguais e ângulos iguais mas sim de lados congruentes e ângulos congruentes que é uma palavra que só as elites do País compreendem e goza à farta da presunção de inocência. Mas, meninos, muita atenção, sempre que se usar a palavra congruentes e não iguais, deve-se depois piscar o olho como no telejornal. Por hoje, está a lição dada.


- Manuel DCCIX Paleólogo©

1 comentário:

Anónimo disse...

Welcome back!