21 junho 2012

Diz Moçambique

Segundo o MNE moçambicano, Oldemiro Baloi, Moçambique propõe-se, na conferência de Maputo, normalizar a situação política na Guiné-Bissau, avançar o processo de adesão da República da Guine Equatorial a membro da CPLP, e aumentar o número de países que solicitam o estatuto de observadores e associados da comunidade. Se quanto à Guiné Equatorial, meio-caminho está andado apesar de todas as reticências, já quanto à Guiné-Bissau é um imbróglio - há factos consumados e há posições firmes. Aguardemos.

3 comentários:

Anónimo disse...

Ahuardemos com h tal como em Doha a quem Doer.

Anónimo disse...

Ahuardemos com h tal como Doha a quem Doer.

NV disse...

Pedimos desculpa pela gralha. Os olhos já não estão como eram. Esse "h" por "g" em "aguardemos", está corrigido, e, oxalá, o dedo não volte a fugir da tecla.