01 fevereiro 2011

Bissau, por dois militares de casca grossa


Quanto a umas observações que nos dirigiram, nem aqui nem no Facebook se comentou aquela cena de Luís Amado sobre a Guiné-Bissau (conselho UE), para não tirar a alegria aos dois militares guineenses beneficiados com tão grande contemplação. E além disso, porque muitos exageram: a Bissau não é o nosso Egito...

1 comentário:

Jorge da Paz disse...

Meu caro:

Compreendo a sua linguagem "diplomática", mas, tenha dó, os tais 2 militares são nem mais nem menos que os atuais Chefe e Vice-Chefe do EMFA da G.B. e se fossem "casca grossa" isso seria o menos, são sim quem dá ordens, ou melhor, executam ordens dos narcotraficantes lá e tão grave como isso, são os responsáveis pelo último morticínio na Guiné. Aliás, lá, infelizmente, desde que Luís Cabral foi deposto e fugiu para Portugal (1980), os militares ou estão a matar gente civil ou a matar-se uns aos outros...
e entretanto o desgoverno Português continua a assobiar para o lado!