08 fevereiro 2011

MNE do Gabão

Luís Amado recebe amanhã (9, 12:00), nas Necessidades, o MNE do Gabão, Paul Toungui. Elucidativamente, diz a nota do MNE: "Recorde-se que Portugal pretende desenvolver as suas relações com os países do Golfo da Guiné e da África Central"... Mas quem está esquecido de que pretende desenvolver?

O ministro gabonês tem também um encontro marcado com o Presidente do AICEP.

2 comentários:

Jose Martins disse...

E o Basílio Horta (o do AICEP e da Diplomacia Económica)deve ir à boleia e o "ponta de lança" do Luis Amado. Diplomacia e economia de mãos dadas!
.
À vista grandes negócios no Gabão!
.
Em Portugal a indústria de sapatos em franca evolução, seria bom que Basílio Horta, promovesse o nosso calçado no Gabão, onde devem caminhar uns milhões de pés descalços.

patricio branco disse...

rio com gosto, ora aí está um potencial mercado para milhões de sapatos portugueses e o ministro amado não o pode deixar ir.