28 janeiro 2012

Diplomacia partilhada

E como Maria Madalena Lobo Carvalho Fischer, até agora n.º 2 da embaixada em Berlim e que já foi assesora diplomática de Jaime Gama (no Parlamento), vai chefiar o gabinete do MNE Paulo Portas, sempre há a expetativa do MNE alemão Guido Westerwelle nomear para a chefia do seu gabinete um diplomata alemão que seja casado com alguma diplomata portuguesa. Como outrora anunciava a telefónica, seria caso para ficar mais perto do que é importante.

4 comentários:

Anónimo disse...

Parece-me que NV aqui cometeu um lapso, pois a dra. Maria Madalena Lobo Carvalho Fischer nunca foi número 2 em Berlim.

NV disse...

Tem razão nessa questão de ordem. A seguir ao embaixador Costa Pereira, segue-e o ministro-conselheiro António Moniz, ainda o conselheiro Eduardo Ramos, e só depois a conselheira Madalena Fischer.

Anónimo disse...

Que maldade!Então não temos uma diplomacia comum com uma chefe inglesa?

Anónimo disse...

Será com certeza mais disponível e solidária que os chefes de gabinete de Amado que se preocuparam em construir metodicamente as suas carreiras.
E também não esconde informação aos colegas, diferentemente da sua antiga runing mate júnior representante no Conselho Diplomático.